Google

28 março 2007

Ah eça nossa língua brazileira!

Caramba, essa me pegou desprevenido!

Estava eu aqui, enlorando trabalhando em paz, quando de-repente aperto a tecla F10 por engano. Esta tecla, por acaso é a tecla responsável por exibir a tela do meu Instant Messenger, o "Miranda".

Em tempo: Gosto do Miranda pois ele é super discreto, não tem janelas coloridas, não faz barulhos, e conecta, simultâneamente, em vários sistemas de Messenger, como MSN, AIM, ICQ e Google Talk. Outro ponto positivo deste programinha é a sua capacidade de se camuflar. Você pode escolher para ele o ícone que você quizer. A partir daí, ele ficará minimizado, sem aparecer na sua barra de programas, sendo listado apenas no System Tray (aqueles ícones do lado do relógio do windows no cando inferior direito). Com isso, mesmo que um zé ruela curioso qualquer apareça, não perceberá que você está com um programa desses aberto. O mais bacana é que você pode, também, definir um outro ícone para quando você tem novas mensagens. Daí então ele ficará piscando no mesmo lugar. Convenhamos, ninguém vai suspeitar algo se você tiver um ícone de um auto-falante piscando.... aliás, ninguém vai nem perceber ;-).

Opa, voltando ao assunto: apertei F10 sem querer e o programa apareceu na minha tela. Assustei, mas ainda sim dei uma bizoiada para ver quem estava online naquele momento. Não tive como não reparar no nickname "enorme" uma pessoa, que me chamou a atenção por seu exorbitante vernáculo. Precisava compartilhar:



Ninguém merece, fala aí?
"Pãats, que tosco!"

Nenhum comentário:

Não deixe de ler também: